Janaina Rios Protetora Animais

Em vias de começar a disputa por uma cadeira na Câmara Municipal de Salvador, Janaína Rios, pré-candidata do Podemos e coordenadora do projeto Célula Mãe – ONG que resgata animais de rua – denuncia a violência nas ruas de Salvador.

Dessa vez, a vítima é a própria pré-candidata. Ela conta frequentemente tem sofrido ameaças e agressões verbais por parte do grupo de apoiadores da adversária, Ana Rita Tavares (PT). A petista, que já é vereadora e concorre à reeleição, também atua em defesa dos animais. “Foram duas vezes em menos de um mês. Eu sei que é do grupo de Ana Rita porque citaram o nome dela algumas vezes. Os agressores são de outro grupo de proteção animal. É um absurdo” disse.

 

Ver essa foto no Instagram

 

À medida que se aproximam as eleições, eu e minha equipe temos sido constantemente agredidos por pessoas ligadas aos políticos eleitos pela bandeira dos animais e que nada fizeram para solucionar o problema que só cresce em Salvador. Com mentiras e acusações infundadas, estas pessoas tentam incitar o ódio contra mim e contra o Célula Mãe, cuja atuação é reconhecida nesta cidade há quase 20 anos! Tanta agressividade e tanta violência só podem ser causadas pelo medo de perder o poder, pois o povo não se deixa enganar por muito tempo e está evidente quem de fato trabalha pelos animais carentes da periferia. Venho aqui externar minha indignação e pedir respeito pelo meu trabalho, pela luta dos protetores e voluntários que fazem parte equipe Célula Mãe. “Imundo” é todo esse jogo político que incita a violência. Exijo respeito pelos animais! Fiquem à vontade para compartilhar e divulgar o vídeo. Janaína Rios Fundadora do Projeto Célula Mãe Mãe de família, servidora pública, ativista social, cidadã brasileira.

Uma publicação compartilhada por Janaína Rios (@janainariosprotetora) em

Janaína relata que provocações ultrapassam os limites da internet. Na última sexta-feira (28), ela estava em um petshop em Cajazeiras quando foi atacada por algumas mulheres, que também estavam no local, com xingamentos, ofensas, palavras de baixo calão e, até mesmo, ameaças de morte. Ela conta ainda que o grupo tentou agredi-la fisicamente. “Por sorte, meu marido chegou na hora e conseguiu evitar que o pior acontecesse. Estou com medo de sair de casa” afirmou.

Em nota oficial, o líder do Podemos da Bahia, pré-candidato à prefeitura de Salvador, deputado federal Bacelar, se solidarizou com a situação e afirmou que o partido vai tomar as medidas cabíveis. Para ele, a política antiga, agressiva e desrespeitosa precisa ser combatida. “É inadmissível que em pleno século 21 tenhamos apoiadores e candidatos tão agressivos. Temos que aceitar as adversidades e respeitar nossos adversários. Não podemos permitir que isso se repita” finalizou.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta