Foi pensando em garantir o acesso à internet dos 38 milhões de estudantes da rede pública que o deputado Bacelar (Podemos/BA) e mais sete parlamentares da bancada da educação apresentaram, nesta quarta-feira (24), o projeto de lei (PL 3477/2020) que determina a distribuição de tablets e pacote de dados para professores e alunos dos ensinos fundamental e médio. As aulas foram suspensas no início de março e ainda não tem previsão de retorno presencial, mas intenção, segundo Bacelar, é auxiliar no processo de aprendizagem durante a pandemia. “Muitos alunos estão prejudicados por falta de internet. Seja por questões financeiras ou até mesmo por alcance da banda larga. Isso dificulta o processo de ensino e de aprendizagem. Queremos garantir a inclusão digital para todo mundo. A educação deve ser prioridade até mesmo para ajudar no combate ao coronavírus” completou.

O autor explicou que as empresas de telefonia seriam parceiras no projeto. Ofereceriam a internet e teriam contrapartidas nas concessões do Governo. “Outra opção seria usar os recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações. Um Fundo, como o próprio nome já diz, para este tipo de ação” finalizou.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta