Um movimento em favor do adiamento do Enem surge na internet. A Ubes e a Une chamam todos para um tuitaço que vai acontecer no próximo dia 15, sexta-feira. O protesto conta com o apoio do deputado federal Bacelar (Podemos-BA) que solicitou, esta semana, ao Ministério da Educação a prorrogação da prova para 2021. O parlamentar baiano afirma que a medida é essencial para não aprofundar as desigualdades educacionais e oferecer oportunidades iguais para o filho do trabalhador. “Enquanto o aluno da escola particular tem boa infraestrutura residencial como computadores e tablets, rede de internet e espaço para estudo, o aluno da escola pública, muitas vezes, se vê impedido de estudar pela falta desses equipamentos tão úteis para o desenvolvimento da educação no século 21. Isso sem contar com o auxílio dos professores” afirmou.

Bacelar propôs ainda a inscrição gratuita para todos os estudantes. Atualmente, apenas alunos de baixa renda, que tenham cursado o ensino médio em escolas públicas ou em instituições particulares na condição de bolsistas, podem se inscrever gratuitamente. A intenção do líder do Podemos é garantir que todos os interessados participem do processo seletivo, independente da condição financeira. “Temos que proteger nossa juventude e oferecer oportunidades iguais para todos. Muitos pais perderam seus empregos ou tiveram os salários reduzidos. Só assim, com a isenção da taxa de inscrição, vamos garantir que mais estudantes participem do certame” disparou.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta