Após quase quatro meses com os serviços suspensos, as autoescolas acumulam dívidas e incertezas. Durante esse período, os 382 Centros de Formação de Condutores da Bahia elaboraram um plano de ação para retomar as atividades seguindo os protocolos sanitários de segurança para evitar a disseminação do coronavírus. Visando fortalecer as tratativas com o governo do estado e prefeituras, representantes do Sindauto-BA (Sindicato de Autoescolas e Centros de Formação de Condutores) convidaram o deputado federal e pré-candidato a prefeito de Salvador Bacelar para intermediar a volta às atividades do segmento. Em reunião virtual na tarde dessa segunda (13), solicitaram a intervenção do parlamentar para que os estabelecimentos voltem a abrir as portas e que através de teleaulas, os alunos possam seguir a preparação teórica e também agendar os exames práticos. Atualmente, cerca de 37 mil alunos aguardam pelos exames para aquisição da Habilitação.

“Apenas na Bahia são sete mil funcionários que dependem da volta das atividades e, de acordo com o planejamento das autoescolas, não haverá aglomeração nos escritórios que funcionam com uma ou duas pessoas e as aulas serão agendadas, na maioria das vezes, pelo telefone. No entanto, será necessário que a recepção volte a funcionar e o sistema do Detran esteja disponibilizado para a marcação. Juntos, vamos buscar alternativas para que esses pais de família se sintam inseridos em um planejamento que lhes garanta a sobrevivência das pequenas empresas e o emprego de milhares de pessoas”, argumentou Bacelar.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta